“Puta x mulher pra casar”

“Meu querido diário…”

Sim, se eu fosse uma “mocinha direita”, seria nesse tom que eu deveria começar o post que segue (pelo menos era isso que diria minha vó ou a sua!), não que eu não seja “mulher direita” (pelo menos isso é o que diria a minha mãe e não a sua!), mas acho que a forma correta e sensata de começar este texto é: “Minha querida sociedade hipócrita…”

Pra início de conversa, gostaria de salientar que esta postagem é uma resposta ao texto do blog  Papo de Homem, “Mulher que dá na primeira noite… essa é pra casar.”, o ideal é que vocês cliquem no link e comecem lendo o texto do Papo de Homem, de preferência leiam até os comentários da postagem, porque assim vão entender o porquê de eu ter decidido reiterar as colocações do autor do texto. Maaaaas, pra não virar uma leitura “chatinha”, optei por fazer um top 10 das coisas que eu, como mulher (gosto e opiniões não se discutem OK?), acredito serem a verdade (limpa, cristalina e linda) quando o assunto é S.E.X.O!

10 verdades que você precisa saber sobre Ô sexo do sexo feminino (eu sempre quis fazer uma “chamadinha” dessas!):

Verdade nº 1

Mulheres que fazem sexo no primeiro encontro não são putas, elas apenas estão tentando saciar um desejo físico que todo e qualquer ser humano sente: vontade de transar.

Verdade nº 2

Mulheres que fazem sexo no primeiro encontro são consideradas putas pelas mulheres que não o fazem, e só não o fazem porque não são corajosas o suficientes e nem fortes o suficiente para aturar homens e mulheres lhes chamando de puta (deu pra entender?).

Verdade nº 3

Putas são mulheres que fazem sexo com a “torcida do flamengo” maaaas, não fazem sexo no primeiro encontro para fingir para o babaca homem, “bolinha” da vez,  que não são putas.

Errata:

Todas as mulheres têm o direito à liberdade de ser e agir, portanto, cretinice a minha esse tópico. Ainda bem que a gente amadurece e é capaz de perceber quando erramos. Nenhuma mulher pode ser rotulada por fazer sexo com quem ou quantas pessoas quiser ou por ter relações sexuais no momento em que desejar.

Verdade nº 4

Mulheres gostam de ser chamadas de puta na hora do sexo. Por quê? Porque no fundo (beeem no fundinho do coração) elas acreditam que os homens falam mal mas preferem transar com as putas, sendo assim, se o “cara” chamar ela de puta, significa que o sexo tá gostoso é “adequado”.

Verdade nº 5

Mulheres gostam de ser chamadas de puta na hora do sexo e de preferência com uma entonação de voz baixa e sexy, em qualquer outro momento ou em tom de voz grosseiro NÃO, portanto, não é legal fazê-lo.

Verdade nº 6

Mulheres que fazem sexo no primeiro encontro não gostam de ser chamadas de puta no primeiro encontro, afinal de contas não existe ainda intimidade suficiente para tanto.

Verdade nº 7

Mulheres que fazem sexo no primeiro encontro e que gostam de ser chamadas de puta nas vezes subsequentes, precisam ser abraçadas e beijadas com carinho no final da relação. Caso o parceiro haja com indiferença, ela pode vir a acreditar que o sentido da palavra “puta” não tenha sido o imaginado por ela (homens e mulheres, sejam carinhosos e não deixem suas parceiras depressivas após o sexo!).

Verdade nº 8

Mulheres gostam de sexo tanto quanto (ou até mais) que os homens, e isso incluem mães, avós e algumas bisavós que ainda estão na ativa!

Verdade nº 9

Mulheres que fazem sexo no primeiro encontro e que gostam de ser chamadas de puta nas relações sexuais subsequentes, são mulheres pra casar SIM e por que não seriam? Afinal de contas não podemos esquecer que praticamente (não totalmente, porque podem haver padres virgens por aí!) homem nenhum escapa da equação: 1º ENCONTRO + TESÃO = SEXO NO 1º ENCONTRO. Se isso fosse ruim, nós mulheres casaríamos com quem?

Verdade nº 10

Independente de quantas verdades sejam “atiradas na cara da sociedade”, a hipocrisia prevalece mesmo no mundo pós-moderno metafísico, e  a sociedade continuará a chamar de puta a mulher que não tem medo de admitir que sexo é bom e foda-se (literalmente) o resto.

Era isso, até a próxima.

Anúncios

10 Comments Add yours

  1. Anónimo diz:

    Adoroooo ser chamada de puta, cachorra na cama da um tesão!! Meu marido adora a gente transa com vontade com desejo…

  2. Ana Ramos diz:

    Adorei, bem isto mesmo…
    Mulheres são fortes, gostamos mesmo de sexo e temos todo direito de fazer, ter o que seja de nosso desejo, nascemos pra ser bem tratadas e cuidada

  3. Thainara diz:

    O ser humano é terrivel pra que taxar uma coisa que todo mundo gosta “sexo” é algo natural, instintivo se uma mulher da pra 5 , outra ja deu pra 50 e daí??? No que isso afeta a vida do outro? Nao sei pq homem pensa q se deu pra mtos é puta nao é pra casar!!! Cara VC conquistar, fazer uma mulher bobinha se apaixonar é Facil , quero ver VC fazer uma mulher Segura de si, uma mulher experiente , q diz foda se pra sociedade ela , se sentiu atraçao ela transa igual VC !Essa mulher é mais dificil realmente de cair aos seus pés e aceitar suas puladas de cerca , Ai tvez seja complicado ne?!!!

  4. Sérgio diz:

    Adorei o post, vivemos num mundo quadrado( literalmente), e acreditem, nossos antepassados faziam pior, ou melhor!!!
    o importante é ter carinho antes e depois da relação, durante vale tudo para fazer a mulher chegar nas alturas.

  5. gi diz:

    não concordo,mulheres de verdades se valorizam acima de tudo e não se rebaixa com o primeiro q ver na esquina.só acho!

    1. Gi, mulheres e homens “de verdade” valorizam seu corpo e suas vontades.

      1. Pablo Albernaz diz:

        Quem foi que disse que azul é de homem e rosa de mulher? Talvez o mesmo que disse que a mulher que se relaciona no primeiro encontro não se dá o respeito? Pois é, puro reflexo social. Mulher tbm sente tesão, gosta de sexo e de carinho, e claro, n generalizando, talvez, tambem por uma construção social, gostam de ser chamadas de puta, safada, foda na cama, como gosto de ser chamado de safado, puto e que sou muito foda na cama tbm, enfim.

  6. Dr.Land Dartagnan diz:

    A puta original é super digna, ela da preço no serviço. Não saber o preço é foda.

  7. Depois de alguns anos de vivência, afirmo com total e plena certeza que todo tempo perdido com relacionamento é mero desperdício. A grande verdade da nossa realidade hoje é que tanto pra homens quanto para mulheres as únicas(únicas mesmo) utilidade um do outro é sexo ou reprodução. Não existe conexão plausível entre relacionamento e felicidade. Ninguém precisa de ninguém do lado para ser feliz. Não mesmo. Precisamos de amigos, colegas contatos de trabalho, mas esposa(o) é uma coisa totalmente desnecessária na vida de uma pessoa. A não ser que seja alguém muito deprimido, dependente ou carente.

    1. Augusto, concordo em partes contigo. Acredito que cada um de nós tenham suas próprias “verdades”, nem sempre o que eu acredito ser o melhor e o mais correto pra minha vida terá o mesmo efeito na vida do outro. O ideal é que possamos encontrar nosso caminho livre de qualquer convicção imposta pela sociedade como sendo a melhor ou a ideal.
      Abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s