Sobre o Que os Olhos Veem e o Coração Não Sente (ou vice-versa)…

Oiê!

Uma vez eu li sobre Amy Hildebrand, que nasceu parcialmente cega por causa do albinismo e conseguia somente enxergar algumas cores, formas e sombras. Em 2009 Amy iniciou um projeto chamado “With little sound” no qual ela tirava uma foto por dia com o objetivo de chegar em 1.000 fotos, a marca foi alcançada em 12 de Junho de 2012 e todas as fotos podem ser vistas no blog dela. Essa história e essas imagens me marcaram pra sempre e me fizeram pensar muito naquilo que meus olhos podem ver, mas parecem não perceber. Na época escrevi um verso e agora estou transcrevendo ele aqui no blog com a última imagem captada por Amy para seu projeto. Poesia.

Tonta de pensar no nada

que tornou-se a minha mente

ao captar o embaraço da vida.

.

A visão nem sempre é ocular,

a turva é cardiovascular (quase sempre).

 

Photo: Amy Hildebrand
Photo: Amy Hildebrand
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s